Aves de Arribação Antônio Sales R$25,00

20180704_123317.jpg

Aves de Arribação Antônio Sales ABC 2006 Bom estado. Pequena mancha na orelha inferior das páginas e na margem lateral. Leitura perfeita. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Aves de Arribação Antônio Sales R$25,00

R$25,00

Quincas Borba Machado de Assis R$12,00

20180719_193540.jpg

Este livro conta a história do ingênuo professor Rubião, mineiro de Barbacena, que recebe como herança todos os bens do filósofo Quincas Borba, mais a incumbência de tomar conta de seu cão – também denominado Quincas Borba -, e divulgar a filosofia conhecida como Humanitismo.

Quincas Borba Machado de Assis Ediouro 0 bom estado. Corte amarelado. Manuseio.Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Quincas Borba Machado de Assis R$12,00

R$12,00

A vida como ela é Nelson Rodrigues R$40,00

20180625_200053.jpg

Nelson Rodrigues já era Nelson Rodrigues quando, em 1961, organizou esta antologia, que reunia em livro pela primeira vez parte da série ‘A vida como ela é’. Samuel Wainer, dono do jornal ‘Última hora’, queria uma coluna em que o autor de ‘Vestido de noiva’, ‘Anjo negro’ e ‘Álbum de família’, retratasse, com um toque ficcional, uma história da vida real. Combinação perfeita para um dramaturgo sofisticado que, desde sempre, respirava jornal. ‘A vida como ela é’ estreou em 1950 e em pouco tempo era um sucesso popular. Como o melhor jornalismo, falava direto ao público; como a literatura mais sofisticada, fazia tremer suas convicções. Por seu alcance e perenidade, teve várias encenações em mais de 50 anos. Foi programa de rádio nos anos 1960, narrado por Procópio Ferreira, e disco, lançado pela Odeon. Foi transformada em fotonovela. Deu origem a um dos grandes sucessos do cinema brasileiro, ‘A dama do lotação’. Na década de 90, foi grande sucesso no teatro, em encenação premiada de Luiz Arthur Nunes.

A vida como ela é Nelson Rodrigues Agir 2006 Muito bom estado. Sujidades no corte. Carimbo na folha de rosto. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

A vida como ela é Nelson Rodrigues R$40,00

R$40,00

Dias e dias Ana Miranda R$25,00

20180619_124403.jpg

“Estamos diante de um livro que não se consegue parar de ler”, escreve José Mindlin na orelha deste romance de Ana Miranda. A História reúne três personagens centrais: Feliciana, uma jovem sonhadora e obstinada; o poeta romântico Antonio Gonçalves Dias, por quem ela nutre uma longa e intensa paixão, e o sabiá – não um sabiá específico, mas a espécie inteira, que na “Canção do exílio” simboliza a pátria distante.A Narrativa de Ana Miranda combina história e ficção para contar uma história sobre o amor, os costumes provincianos no interior do Brasil durante o século XIX, a descoberta da cultura indígena, a beleza da poesia e os mistérios da sensibilidade.NO romance, Feliciana toma conhecimento da vida íntima de Gonçalves Dias por meio das cartas enviadas pelo poeta a seu grande amigo Alexandre Teófilo de Carvalho Leal. MOstradas a Feliciana por Maria Luíza, esposa de Teófilo, as cartas registram muitas das questões existenciais do poeta. FEliciana descreve de forma emocionante a paixão que as cartas alimentam, e seu relato revela refinamentos da alma feminina. A Trama tecida pela autora faz com que o leitor se identifique com Feliciana, uma mulher que desvenda o que sente por meio da escrita e da memória.OS personagens menores – o pai de Feliciana, colecionador de sabiás; Adelino, um tímido professor apaixonado por Feliciana, e Natalícia, a doce e severa preceptora – conferem ao livro uma grande riqueza humana. ANtonio Gonçalves Dias (1823-1864) é o principal nome da poesia romântica brasileira. ALém de “Canção do exílio”, compôs os principais poemas da vertente indigenista do romantismo, entre eles “I-Juca-Pirama” e “Leito de folhas verdes”. COm uma narrativa clara e simples, reproduzindo a linguagem do romantismo, Ana Miranda recorda mais uma vez a vida de um de nossos poetas – como fez também com Gregório de Matos em Boca do Inferno -, levando o leitor a uma viagem de encantamento linguístico e conhecimento histórico.

Dias e dias Ana Miranda cia das letras 2002 Muito bom estado. Nome. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Dias e dias Ana Miranda R$25,00

R$25,00

Liberdade, volver Neir Ilelis R$14,00

20180619_124417.jpg

No final da década de 1960, o jovem André vai trabalhar no estúdio de Nunes, um marxista e militante do Partido Comunista. Desse encontro o jovem passa a conhecer e ter uma visão mais crítica do momento histórico em que vivia. Participa de reuniões clandestinas do partido que estava na ilegalidade, acompanha passeatas, faz panfletagens e manifestações de protesto. Confrontos de estudantes da rua Maria Antônia, em São Paulo, os shows de Caetano e Gil, a rebeldia daqueles tempos, fatos e personagens que lembram e nos remetem ao Brasil da ditadura militar que enchia os seus porões de homens e mulheres que lutavam pela democracia. Entremeados por romances, o autor vai misturando ficção e realidade, e assim vai contando sua história que, ao mesmo tempo que nos comove, nos ensina a ver aquele período sob um outro prisma. O prisma de um fotógrafo. Exilado, André conhece o amargo sabor da saudade e acaba se envolvendo numa verdadeira intriga internacional.

Liberdade, volver Neir Ilelis Noovha America 2003 muito bom estado. Manuseio. Carimbo na folha de rosto. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Liberdade, volver Neir Ilelis R$14,00

R$14,00

Os Cem melhores contos brasileiros do século Italo Moriconi (org) R$30,00

20180613_180242.jpg

Para Júlio Cortazar, conto é aquele texto que corre em poucas linhas e em alta velocidade narrativa, capaz de nocautear o leitor com seu impacto dramático concentrado. COube ao professor Italo Moriconi o desafio lançado pela Objetiva de garimpar os cem melhores textos do gênero produzidos no Brasil ao longo do século XX. UM trabalho que deixasse de lado os rígidos critérios acadêmicos e fosse pautado somente pela qualidade e sabor dessas pequenas obras-primas. O Resultado é a coletânea Os Cem Melhores Contos Brasileiros do Século, um passeio pela mais deliciosa e contundente ficção curta produzida no Brasil entre 1900 e o fim dos anos 90. UMa antologia capaz de traduzir as mudanças do país e as inquietações de várias gerações de brasileiros, em cem anos de produção literária. A Prova de que a arte do gênero não cessa de melhorar em nossa literatura.

Os Cem melhores contos brasileiros do século Italo Moriconi (org) objetiva 2001 muito bom estado. Selo FDE. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Os Cem melhores contos brasileiros do século Italo Moriconi (org) R$30,00

R$30,00

Budapeste Chico Buarque R$15,00

20180613_180211.jpg

Ao concluir a autobiografia romanceada O ginógrafo, a pedido de um bizarro executivo alemão que fez carreira no Rio de Janeiro, José Costa, um ghost-writer de talento fora do comum, se vê diante de um impasse criativo e existencial. Escriba exímio, “gênio”, nas palavras do sócio, que o explora na “agência cultural” que dividem em Copacabana, Costa, meio sem querer, de mera escrita sob encomenda passa a praticar “alta literatura”. Também meio sem querer, vai parar em Budapeste, onde buscará a redenção no idioma húngaro, “segundo as más línguas, a única língua que o diabo respeita”. Narrado em primeira pessoa, combinando alta densidade narrativa com um senso de humor muito particular, Budapeste é a história de um homem exaurido por seu próprio talento, que se vê emparedado entre duas cidades, duas mulheres, dois livros, duas línguas e uma série de outros pares simétricos que conferem ao texto o caráter de espelhamento que permeia todo o romance, e que levaram o professor José Miguel Wisnik a afirmar que se trata de “um romance do duplo”. Tenso e à vontade, cultivado e coloquial, belo e grotesco, Budapeste traz a perfeição narrativa de Estorvo e Benjamim e confirma Chico Buarque como um dos grandes romancistas brasileiros da atualidade. O romance ganhou o Prêmio Jabuti de melhor livro de 2003 e o IV Prêmio Passo Fundo Zaffari e Bourbon de Literatura, em 2005.

Budapeste Chico Buarque cia das letras 2003 Muito bom estado. Leve desgaste na capa. Nome. Qualquer dúvida, pergunte  vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Budapeste Chico Buarque R$15,00

R$15,00