Agosto Rubem Fonseca R$12,00

_MG_4413.JPG

1º de agosto de 1954, Rio de Janeiro, capital da República. Um empresário é assassinado e outro crime é planejado na sede do governo federal. O atentado frustrado contra o jornalista Carlos Lacerda, opositor de Getúlio Vargas, causará uma das maiores reviravoltas da história do Brasil. ‘Agosto’ questiona o leitor em que medida a história de uma pessoa e a história de um país se determinam, se diferenciam e se assemelham.

Agosto Rubem Fonseca cia das letras 1990 Bom estado. Corte amarelado. Sinais de mofo e etiqueta na folha de rosto. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Agosto Rubem Fonseca R$12,00

R$12,00

Machado de Assis: a loucura e as leis Daniel Martins de Barros R$24,00

_MG_4414.JPG

Estes breves ensaios sobre Direito, Psiquiatria e sociedade em 12 contos machadianos analisam aspectos de obras de Machado. Os ensaios são acompanhados pelos textos originais dos contos.

Machado de Assis: a loucura e as leis Daniel Martins de Barros brasiliense 2010 Muito bom estado.Selo minha biblioteca. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Machado de Assis: a loucura e as leis Daniel Martins de Barros R$24,00

R$24,00

Leite Derramado Chico Buarque R$18,00

_MG_4415.JPG

Um homem muito velho está num leito de hospital. Membro de uma tradicional família brasileira, ele desfia, num monólogo dirigido à filha, às enfermeiras e a quem quiser ouvir, a história de sua linhagem desde os ancestrais portugueses, passando por um barão do Império, um senador da Primeira República, até o tataraneto, garotão do Rio de Janeiro atual. A fala desarticulada do ancião cria dúvidas e suspenses que prendem o leitor. O discurso da personagem parece espontâneo, mas o escritor domina com mão firme as associações livres, as falsidades e os não ditos, de modo que o leitor pode ler nas entrelinhas, partilhando a ironia do autor, verdades que a personagem não consegue enfrentar. Tudo, neste texto, é conciso e preciso; como num quebra-cabeça bem concebido, nenhum elemento é supérfluo. Percorre todo o livro a paixão mal vivida e mal compreendida do narrador por uma mulher. Os múltiplos traços de Matilde, seu “olhar em pingue-pongue”, suas corridas a cavalo ou na praia, suas danças, seus vestidos espalhafatosos, ao mesmo tempo que determinam a paixão do marido e impregnam indelevelmente sua lembrança, ocasionam a infelicidade de ambos. Embora vista de forma indireta e em breves flashes Matilde se torna, também para o leitor, inesquecível. Outras figuras, fixadas a partir de mínimos traços, circulam pela memória do protagonista: o arrogante engenheiro francês Dubosc; a mãe do narrador, que, de tão reprimida e repressora, “toca” piano sem emitir nenhum som; a namorada do garotão com seus piercings e gírias. É espantoso como tantas personagens ganham vida neste breve romance. Leite derramado é obra de um escritor em plena posse de seu talento e de sua linguagem.

Leite Derramado Chico Buarque cia das letras 2009 muito bom estado. Manuseio. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Leite Derramado Chico Buarque R$18,00

R$18,00

As esganadas Jô Soares R$14,00

_MG_4416.JPG

Em As esganadas, o autor do best-seller O xangô de Baker Street explora mais uma vez tema que lhe é caro: os assassinatos em série. No entanto, tal como Alfred Hitchcock, que desprezava os romances policiais cujo objetivo se resume a descobrir quem é o criminoso (o famoso “whodonit”), Jô Soares revela logo no início não somente quem é o desalmado como sua motivação psicológica (melhor dizer psicanalítica) para matar. O delicioso núcleo narrativo está nas tentativas aparvalhadas da polícia de encontrar um criminoso que, além de muito esperto e de não despertar suspeita nenhuma, possui uma rara característica física que dificulta sobremaneira a utilização dos novos “métodos científicos” da polícia carioca. Para investigar os crimes, o famigerado chefe de polícia Filinto Muller designa um delegado ranzinza, assessorado por um auxiliar obtuso e medroso, e que contará com a inestimável ajuda de um sofisticado e culto ex-inspetor. Na perseguição ao criminoso, os três investigadores ganham a desejável companhia de uma jovem linda, destemida, viajada e moderna, que é repórter e fotógrafa da principal revista ilustrada do país. O leitor também pode se fartar aqui com uma outra faceta constante da obra literária de Jô Soares: a escolha de um momento do passado para cenário de sua narrativa, o que lhe permite entrar em detalhes históricos curiosos enquanto desenvolve a trama. Desta vez, voltamos ao Rio de Janeiro do Estado Novo, tendo por pano de fundo mais amplo o avanço do nazismo e as primeiras nuvens ameaçadoras que anunciam a Segunda Guerra Mundial. Entre os eventos da época que Jô resgata estão uma corrida de automóveis no Circuito da Gávea (de que participam o cineasta Manoel de Oliveira e o lendário Chico Landi) e a transmissão pelo rádio da derrota do Brasil de Leônidas da Silva para a Itália na semifinal da Copa de 1938, na França. Com a verve que lhe é característica, Jô consegue, neste As esganadas, realizar a façanha de narrar uma série de crimes brutais, com requintes inimagináveis de crueldade, e deixar o leitor com um sorriso satisfeito nos lábios.

As esganadas Jô Soares cia das letras 2011 muito bom estado. Dedicatória. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

As esganadas Jô Soares R$14,00

R$14,00

Nu de botas Antonio Prata R$20,00

_MG_4417.JPG

Cheio de humor e lirismo, Nu, de botas traz as memórias de infância de Antonio Prata, o principal renovador da crônica brasileira. Em Nu, de botas, Antonio Prata revisita as passagens mais marcantes de sua infância. As memórias são iluminações sobre os primeiros anos de vida do autor, narradas com a precisão e o humor a que seus milhares de leitores já se habituaram na Folha de S.Paulo, jornal em que Prata escreve semanalmente desde 2010. As primeiras lembranças no quintal de casa, os amigos da vila, as férias na praia, o divórcio dos pais, o cometa Halley, Bozo e os desenhos animados da tevê, a primeira paixão, o sexo descoberto nas revistas pornográficas – toda a educação sentimental de um paulistano de classe média nascido nos anos 1970 aparece em Nu, de botas. O que chama a atenção, contudo, é a peculiaridade do olhar. Os textos não são memórias do adulto que olha para trás e revê sua trajetória com nostalgia ou distanciamento. Ao contrário, o autor retrocede ao ponto de vista da criança, que se espanta com o mundo e a ele confere um sentido muito particular – cômico, misterioso, lírico, encantado.

Nu de botas Antonio Prata cia das letras 2013 Muito bom estado. Nome. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Nu de botas Antonio Prata R$20,00

R$20,00

Amor é prosa sexo é poesia Arnaldo Jabor R$14,00

_MG_4418.JPG

Os textos de Arnaldo Jabor têm o poder de despertar, inquietar, polemizar. ÁCidos, líricos, deliciosamente vorazes, estão sempre sintonizados com os assuntos que mexem com a vida dos brasileiros e brasileiras. O Livro Amor é prosa, sexo é poesia reúne suas melhores crônicas sobre nossas obsessões mais íntimas: sexo e amor, família, mulheres. EM 36 textos, Jabor anuncia sem pudores sua fome de beleza em tudo: na vida, na política, no amor, no sexo. COnfessa ternuras e invejas. E Será assim, exaltado, rodriguiano, que vai admitir um dos maiores medos: “os abismos das mulheres são venenosos, o seu mistério nos mata.” O amor depende de nosso desejo, o sexo é tomado por ele. O Perigo do amor é virar amizade; o perigo do sexo é que você pode se apaixonar. A Percepção de Jabor sobre linhas intangíveis, como a que separa o amor do sexo, costuma ser tão afiada quanto seus discursos anti-Bush. COm ou sem Osama bin Laden, chega a hora em que o herói se deprime e percebe que também precisa de um ritual de encontro. AFinal o amor é uma ilusão sem a qual não podemos viver. É Para este homem, e principalmente para esta mulher, que Jabor escreve suas crônicas amorosas.

Amor é prosa sexo é poesia Arnaldo Jabor Objetiva 2004 muito bom estado. Manuseio. Nome. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Amor é prosa sexo é poesia Arnaldo Jabor R$14,00

R$14,00

Coleção Obras de Ficção 16 volumes José de Alencar R$110,00

_MG_4410.JPG

Coleção Obras de Ficção 16 volumes José de Alencar José Olympio 1953 Muito bom estado. 16 volumes com as seguintes características: Capa Dura. Corte amarelado. Leves desgastes na lombada.Leitura perfeita. Qualquer dúvida, pergunte a vontade. Literatura Brasileira usado

FRETE POR CONTA DO COMPRADOR.

CONSULTE O VALOR DO FRETE ENVIANDO UMA PERGUNTA COM O SEU CEP  AQUI NO ANUNCIO OU VIA E-MAIL: frankvende@gmail.com

Coleção Obras de Ficção 16 volumes José de Alencar R$110,00

R$110,00